PRA DAR UM UP NA ARQUITETURA: PEDRAS PARA REVESTIMENTO

/ / BANHEIRO, VIVER E DECORAR

Cozinha

Foi visitar alguma amiga e reparou naquela bancada super estilosa em granito? Sim, as pedras são um diferencial que merece ser explorado na arquitetura. Além de serem mais duráveis e super fáceis de limpar, não requerem tantos cuidados e ainda são aquele ar mais sofisticado para a sua casa. Existem vários tipos do material, mas nem todos podem ser usados em qualquer ambiente ou estrutura, é por isso que você precisa de um cuidado especial na hora de escolher e de aplicar na sua casa.

Embora exijam um processo mais cuidadoso, usar as pedras na estrutura arquitetônica é bem mais duradouro, exigindo pouca manutenção com o tempo. Você pode apostar nessa moda tanto para ambientes internos, quanto externos – seja na bancada da cozinha ou na churrasqueira do quintal, vale muito a pena. Dentro de casa, as pedras são vantajosas por serem resistentes e não escorregadias, mas se você or usá-las em lugares sem proteção, o ideal é usar um impermeabilizante que garantirá 100% da qualidade desse material. Não dá pra esquecer, viu!?

Diversas pedras podem ser usadas na decoração, como mármore, granito, ardósia, silestone, seixos, pedra madeira, podendo ser utilizadas com diferentes acabamentos, como polido, apicoado, aflamado e outros. Tudo vai depender das necessidades e características do projeto, da pedra escolhida, formato e maneira de colocação.

Dá uma olhada em como utilizar determinadas pedras nos ambientes:

Granito: super resistente, esse tipo de pedra é utilizado com frequencia em ambientes mais frios, como banheiros e cozinha. As cores mais sóbrias, deixam o lugar com uma aparência mais clean e elegante. Olha só esse projeto da Italínea com a utilização do granito na pia do banheiro:

Cozinha

Demais, né?

Mármore: costuma ser utilizado em interiores e valoriza muito os ambientes. As cores dessa pedra são variadas e a aparência final é de muuuuuita sofisticação. 😉

Ardósia: essa pedra natural deve ser aplicada com cuidado para manter um padrão no ambiente, já que o tom pode variar, poir apresenta um aspecto mesclado. É pra dar aquele up na arquitetura, né?

Silestone: esse material possui superfície formada com 94% de quartzo e resinas polímeras, possuindo alta resistência e baixa absorção de líquidos. Com o silestone, é possível obter acabamentos especiais e uma grande variedade de cores. As vantagens dessa pedra é que ela apresenta variedade de cores e texturas que permite mais liberdade na hora da criação. A Italínea criou esse projeto de cozinha com utilização de silestone para inspirar você, ó:

Ficou bem criativo, né?

Seixo: geralmente esse tipo é associado a um clima mais zen, podendo ser utilizado tanto em ambientes internos – principalmente salas em banheiros -, quanto ambientes externos. As cores podem variar e o efeito é quase um mosaico.

Pedra portuguesa: essa ficou famosa por revestir calçadas do Rio de Janeiro com muito estilo. É uma pedra que costuma ser cortada em pequenos pedaços e usada em revestimento de calçadas e paredes, através da criação de mosaicos.

Gostou da ideia de usar as pedras dentro de casa? Acredite, vale a pena. Existem outros diversos tipos desse material, mas decidimos listar os principais e mais procurados. Se quiser criar o seu próprio projeto, passe em nosso site e se inspire.